sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Pensadores da Educação

Infográfico mostra bibliografia dos maiores pensadores da educação


Quando você observa seus alunos e avalia quanto cada um já sabe antes de introduzir um novo conceito em sala de aula está colocando em prática, mesmo sem se dar conta, as idéias de vários pesquisadores. Muitas atitudes que parecem apenas bom senso foram, ao longo dos anos, objeto de estudo de gente como Emilia Ferreiro, Célestin Freinet, Paulo Freire, Howard Gardner, Jean Piaget e Lev Vygotsky. Apesar de seus trabalhos não coincidirem em muitos aspectos, em outros tantos eles se complementam. "Todos partem do princípio de que é preciso compreender a ação do sujeito no processo de aquisição do conhecimento", sintetiza a pedagoga Maria Tereza Perez Soares, uma das coordenadoras gerais dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN).
"Conhecer os estudiosos da educação e o processo de aprendizagem dos alunos sempre ajuda o professor a refletir sobre sua prática e compreender as políticas públicas", completa Maria Tereza.

No site da Educar para Crescer você confere um infográfico com informações dos maiores pensadores da Educação!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Oficinas de Educação Ambiental




Foi realizada neste dia 22 de setembro de 2012 a Sala de Educador da Escola Estadual Renee de Menezes com a participação dos profissionais da educação da escola, formadores do CEFAPRO, colaboradores e professores das instituições parceiras do projeto: Interinstitucional Intervenção Ambiental no Contexto da Formação Continuada: Possibilidades na Interface entre a Permacultura e a Escola Sustentável. O encontro teve como objetivo (re) conhecer e aplicar os princípios da permacultura nas atividades pedagógicas da escola integrando-as aos conteúdos curriculares e a prática da Educação Ambiental, de maneira a envolver os estudantes, os profissionais e a comunidade como preconiza as Orientações Curriculares do estado de Mato Grosso. As oficinas aconteceram através de estudo teórico/prático de temáticas definidas anteriormente pelo grupo sendo estas:
1ª - Jardinagem/Arborização
2ª - Horta Pedagógica
3ª - Descarte de resíduos – Compostagem
4ª- Recreação
Esses temas foram trabalhados em oficinas e levaram em consideração os princípios da Permacultura de Cuidar da Terra, das Pessoas, evitando o Desperdício e refletindo sobre o Consumismo amenizando, desta forma, o impacto ambiental. Essas ações relacionadas com o currículo escolar possibilita inovação na prática pedagógica, no planejamento coletivo e interdisciplinar, para que o processo de ensino aprendizagem aconteça de forma mais significativa para o educando. Os presentes participaram ativamente das atividades e nas reflexões propostas percebendo que a discussão de Educação Ambiental torna-se relevante no ambiente escolar, pois proporciona a interação com o meio e o desenvolvimento de capacidades, de atitudes ecológicas e sustentáveis para conservação dos recursos naturais.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Brincando de calcular

Algumas atividades que nós professores de matemática podemos usar para estimular o raciocínio lógico de nossos educandos.
*Multiplicar por 5 Tomar a metade do número e multiplicar por 10.
*Soma dos n primeiros números naturais Para obter a soma S=1+2+3+...+n, basta tomar a metade do produto de n por n+1.
Exemplo: 1+2+3+...+12=12×13÷2=156÷2=78 Exemplo: 1+2+3+...+100=100×101÷2=5050
*1089 É conhecido como o número mágico!
Saiba porque: Escolha qualquer número de três algarismos distintos: por exemplo, 875.
Agora escreva este número de trás para frente e subtraia o menor do maior: 875 – 578 = 297.
Agora inverta também esse resultado e faça a soma: 297 + 792 = 1089 (o número mágico)